No país do 4G com memória 286…

É irônico ver Dilma Rousseff chamar em público seu adversário de ‘bebum’, porque foi parado numa ‘blitz’ e se recusou a fazer o teste do ‘bafômetro’, forma popular de se referir aos testes de alcoolemia referidos na ‘Lei Seca’… Terá esquecido que seu criador, o “presidente que nunca esteve ausente”,…

Compartilhe
leia mais

Política é ciência, estúpido!

Como se espera do que se desespera, à medida que o tempo urge mais Lula ruge, como aquele déspota dono da verdade que não se conforma com a ideia de perder sua infalibilidade messiânica insana. Nunca o “Febeapá” do Sérgio Porto, o saudoso “Stanislaw Ponte Preta” lá dos anos sessenta,…

Compartilhe
leia mais

“Single’ ou ‘blended’?

Os escoceses decidiram, neste último dia 18, permanecer no “clã” do Reino Unido. Como sói acontecer entre humanos, houve muita discordância, e o “não separa” definitivo foi determinado por somente 55% dos votantes. 85% dos cidadãos “celta-bretões” remanescentes naquele terço norte do reino compareceram às urnas e mais da metade…

Compartilhe
leia mais

O gigante que não cresceu

Enquanto o resto do mundo dito civilizado se ocupa da viabilidade da destruição do “Estado Islâmico” e do referendo de 18 de setembro. que avaliará a opinião escocesa sobre sua própria independência do Reino Unido, o Brasil segue incólume na exibição do que o seu povo demonstramos mais gostar: o…

Compartilhe
leia mais

Acre-doce deleite

À medida que a disputa se acirra para o grande evento popular brasileiro que se aproxima, ‘igualando’ todos os dedos da cidadania naquele momento efêmero de apontar um nome e/ou um número, o interesse do mundo aumenta na razão direta da baixaria que ataca ou se defende na grande exibição…

Compartilhe
leia mais

O óbvio não ulula…

As eleições obrigatórias brasileiras em 2014 ocorrerão neste mês de outubro, sendo que o primeiro turno será realizado no dia seis e o segundo – se houver – acontecerá no dia vinte e seis. Esse pleito vai eleger o presidente e vice-presidente da República, os deputados federais, os senadores, os…

Compartilhe
leia mais

O que serve aos brasileiros?

Volta e meia se ouve a frase: “o que serve aos americanos e europeus não serve aos brasileiros”. Geralmente usada como desculpa esfarrapada por politicos incompetentes, escolhidos nas urnas justamente pra nos levar aos padrões melhores de vida que os americanos e europeus já usufruem, tal dislate é apenas mais…

Compartilhe
leia mais

Tempos modernos…

Muito interessantes esses tempos modernos, tão diferentes, rápidos e impacientes, que sempre mesmerizaram o homem desde que este começou a desvendar a natureza – considerando que este ‘escriba’ possa redefinir de moderno tudo o que revela os segredos do velho e vai muito além, passando a criar um novo. O…

Compartilhe
leia mais

De filho pra pai…

A expressão popular “tal pai, tal filho”, quase sempre tem a conotação de elogio, aludindo-se às qualidades herdadas do genitor, tais como honestidade, dedicação ao trabalho, algum talento artístico ou habilidade esportiva. Mesmo o dito “filhinho-de-papai”, o chamado ‘playboy’, se aplica ao caso do ‘bon vivant’, o que sabe gozar…

Compartilhe
leia mais

De banco em banco…

O grande espetáculo do futebol acabou. Ao contrário do esperado, não foi bom nem pra mim nem pra você… A grande massa brasileira – torcedora leiga, agora de voz rouca e mais passiva – saímos tão frustrados que quase deixamos a esperança teimosa nos televisores dos botecos e nos telões…

Compartilhe
leia mais